Enfim virei uma vagabunda

Sou casada ha muitos anos, meu marido viaja muito, as vezes fica uma semana, um mês fora, nosso casamento não ia bem, quase não nos encontrávamos e sexo então nem sei quando foi a ultima vez… eu era fiel, porem eu descobri que sou uma vadia, sim, e muito vagabunda, pois uma noite eu estava no ponto de ônibus para voltar para casa depois do trabalho, ate minha casa é perto, mas por ser noite sempre espero um ônibus. Estava sozinha e chovia muito, então um carro passou devagar me olhando, e depois voltou no sentido contrario novamente lentamente quase parando, isso me deu medo e ao mesmo tempo tesão, foi quando ele voltou de novo, mas dessa vez parou e abriu a janela, era um homem de uns 45 anos grisalho, bonito, perguntando:

__OLA, SERÁ QUE VOCÊ PODERIA ME DIZER ONDE FICA O POSTO DE GASOLINA MAIS PERTO? ESTOU QUASE SEM COMBUSTÍVEL E NÃO QUERO ME ARRISCAR A FICAR NA RUA.
Eu conhecendo a região respondi:
__Claro, é só seguir em frente, e na quarta rua a direita virar, la tem um posto.
__OBRIGADO.. MAS ESTA CHOVENDO MUITO, VOCÊ NÃO QUER UMA CARONA ATE UM LUGAR MAIS SECO?
Ele já me olhava como um tarado, meu seios estavam quase a mostra pelo vestido fino, e ele deve ter percebido que os bicos estavam duros de frio.. ou tesão… a principio eu não aceitei, mas pensando bem…
__Bem não costumo entrar em carros de estranhos, mas se você puder me deixar na rua do posto, la fica mais perto par minha casa.
__ENTRE, TE LEVO..
Entrei no carro, e ele seguia devagar por aquela rua escura e com muita chuva, foi quando o carro parou.. a gasolina acabou..
__ACONTECEU O QUE EU TEMIA, A GASOLINA ACABOU…
__Nossa e agora..
__EU VOU ATE O POSTO A PÉ, MAS ESTA CHOVENDO MUITO VOU ESPERAR UM POUCO…
_Bem então eu vou indo..

Mas ai ele me agarrou o braço, e tentava me beijar, e veio para cima de mim..
__Que isso o sr esta louco, pare..
__HEHE SIM TO LOUCO POR UMA VADIA COMO VOCÊ..
__Eu não sou vadia, sou casada, me solte seu tarado..
E as mãos passeando pelo meu corpo, já chegando na buceta molhada, e os bicos duros..
__AH É VADIA, E ESSES BICOS DUROS E XANA MELADA? SEM VERGONHA EU VI QUE VOCÊ ERA VADIA QUANDO PASSEI DE CARRO E VOCÊ FICOU ME OLHANDO ATE A SAIA LEVANTOU..
_maluco não fiz nada disso..

__ME CHAMOU PARA TE PEGAR SAFADA..
E começou a chupar meus seios apertando com força, deitou o banco e subiu em cima de mim, eu lutei mas meu corpo não correspondia, quanto mais ele se esfregava jogando o peso do corpo sobre o meu e eu sentindo aquele pau duro, eu ia me entregando, eu já estava praticamente nua, quando ele veio para minha cabeça como um a****l e enfiou o cacete na minha boca, enfiando tudo, me sufocando, eu me debatendo, e ele enfiando o pau na minha boca, eu engasguei, chorei, quase me sufoquei, mas mamei gostoso, então ele só desceu o corpo ate alcançar minha buceta encharcada não tive forças para resistir, ele só pegou uma camisinha meteu no pau, e penetrou minha buceta com força, eu gemendo como louca, e sentindo aquele pau desconhecido me furando, tocando o útero, eu pedindo mais, e ele metendo sem dó, rápido, violento, parecíamos dois animais, eu com minha perna no painel do carro me remexendo e ele socando tudo que podia, o carro balançava e estava todo embaçado, foi quando de repente ele me pôs de 4 me jogando quase na parte traseira do carro, então senti a cuspida no cú, não tive tempo de negar, só senti a cabeça se posicionar na entrada, e suas mãos segurarem minha cintura, e o puxão forte, depois só a dor, os gritos que dei, e as bombadas animais daquele desconhecido que rasgava meu cú…chorei e gritei, mas depois quando meu cú se acostumou, rebolei e dei gostoso… até que ele gozou me dando tapas na cara e na bunda… ai não aguentei e gozei também…

Ainda ficamos um tempo para descansar, depois nos vestimos..
_SUA VADIA GOSTOSA, SABIA QUE QUERIA DAR…
__seu safado você rasgou meu cú, e me comeu toda.
__CLARO SUA PUTA, VOCÊS SÓ QUEREM ISSO SER FODIDAS.
__não sou puta..
__HEHE, É UMA PUTA E DAS BEM VADIAS CACHORRONAS. AMANHA VOU PASSAR DE NOVO NO MESMO HORÁRIO, E QUERO TE COMER DE NOVO TA OUVINDO?
__você é maluco? você me estuprou praticamente e ainda fica falando isso? eu sou casada.
__HEHE EU SEI QUE VOCÊ É CASADA SUA VADIA, EU SEI ONDE VOCÊ MORA, UM AMIGO MEU JÁ TE ENCOXOU NO BUZÃO, ELE DISSE QUE FAZ ISSO COM VOCÊ SEMPRE E VOCÊ DEIXA TODAS AS VEZES, JÁ CHEGOU ATE A ENFIAR O DEDO NA SUA BUCETA..
__mentiroso, eu nunca deixei.. ele que é um sem vergonha fica se esfregando em mim toda noite.
__E VOCÊ GOSTA SUA PUTA, SENÃO NEM PEGAVA MAIS O ÓNIBUS… AMANHA SUA VADIA NO MESMO HORÁRIO VOU PASSAR É BOM QUE ESTEJA AQUI, SENÃO VOU ATE SUA CASA AI SERÁ PIOR PARA VOCÊ..
__seu chantagista sem carácter cachorro..

__HEHE, E VOCÊ SUA PUTA VADIA QUE SE DEIXA ESFREGAR POR ESTRANHO NO BUZÃO, E AINDA ENTRA NO CARRO DE DESCONHECIDO E DA PRA ELE COMO UMA CADELA…
Fiquei envergonhada, mas agora não tinha jeito eu tinha que dar para ele sempre que ele quisesse…
O grisalho passava todas as noites para me pegar no ponto de ónibus, e eu ia com ele, normalmente íamos a um drive in que tem por perto, e me comia loucamente dentro do carro, no capo, encostada na parede, em uma pequena cama que havia no drive in, me fazia mamar ele ate não aguentar, gozava na minha boca, fazia garganta profunda, comia meu cú, buceta, me usava de todo jeito que queria, ate trouxe uma noite o cara que me encoxava, e os dois me comeram no drive in, fui a puta vagabunda deles… e eu estava gostando disso, uma das noites o grisalho me fudendo como nunca, pediu uma bebida e quando o cara veio trazer estava socando em mim, mandou o rapaz trazer a bebida ate ele, e perguntou:
__QUER COMER ESSA CAHORRA TAMBÉM?
O rapaz sem jeito agradeceu e disse que não.
__VOCÊ É VIADO FILHO? TO MANDANDO VOCÊ CURRAR ESSA VADIA.. SENÃO FALO PARA SEU PATRÃO QUE É MEU AMIGO, QUE VOCÊ TENTOU ASSEDIAR A MINHA MULHER.. COME ELA AGORA OU VOCÊ TA FUDIDO MOLEQUE.
O rapaz mais que depressa abaixou as calças, e socou na minha boca, eu tive que mamar ele ate ficar duro, então o grisalho deu uma camisinha para ele, me pôs de costas no capo do carro, e começou a comer meu cú arrombado, rápido, forte, com raiva, eu gemendo, o grisalho só olhando e falando:
__VAI MOLEQUE, É PARA FUDER ESSA PUTA, ELA GOSTA DE FORÇA, DE TER O CÚ RASGADO..
O rapaz socou mais forte e com violência, eu gemia dizendo não não, ate sentir o pau dele pulsando e gozando… o grisalho riu satisfeito..

O rapaz tirou a camisinha colocou a calça e saiu.
__PUTONA GOSTOU NÉ.. EU VI QUE VOCÊ TEM TESÃO EM MACHOS QUE NÃO CONHECE SOCAREM EM VOCÊ.
__sim gosto de paus diferentes que eu não conheça entrando em mim.
__CADELONA EU JÁ SEI O QUE VOU FAZER COM VOCÊ AMANHA, SE PREPARE..
Saímos de la, ele me deixou próximo de casa, e fiquei pensando o que aquele homem que me comia todas as noites, quis dizer… não sei.. mas fiquei com tesão…
Na noite seguinte eu no ponto como sempre, esperando ansiosa pelo grisalho. ele chegou no horário mas veio com outro carro uma pickup, entrei e ele foi para um lugar desconhecido, era um galpão, entrou parou o carro bem no meio e foi fechar o portão, então mandou eu descer do carro e ir para a carroceria do carro, eu me sentei e esperei, foi quando ele veio com uma corda e me deitou na beira do carro, amarrou meus braços para cima, e depois amarrou minhas pernas bem abertas fiquei ali toda amarrada e bem exposta na beira da pickup:
__HOJE SUA VADIA, VOCÊ VAI GOZAR MUITO…
Dizendo isso abriu minha blusa e com uma tesoura cortou o sutiã fazendo meus peitos saltarem, deu tapas e sugou com força mordendo as vezes o que me fez gritar..
Depois levantou minha saia, e cortou a calcinha arrancando com violência deixando a xana totalmente exposta, ele caiu de boca na minha buceta, o que me fazia gemer e me contorcer, mas não podia escapar pois estava toda aberta… só gemi de tesão e acabei gozando na boca dele.. o grisalho riu satisfeito, então ele veio para cima e socou a rola na minha boca como sempre em sufocando enfiando ate o talo. Depois ele foi na cabine do carro, e me mostrou uma caixa de camisinhas:
__TA VENDO ISSO SUA VADIA, SÃO CAMISINHAS, PARA OS MACHOS QUE VÃO TE FODER.
__como assim?
Nem precisei esperar a resposta, o portão se abriu e foram entrando vários homens, havia pelo menos 10.. todos se aproximaram e começaram a passar as mãos em mim sentir meu cheiro, lamberem..
__AÍ. ESSA É A PUTA VADIA QUE FALEI PRA VOCÊS, PODE COMER E SOCAR A VONTADE ONDE QUISER QUE ELA É DOIDA PRA SER FODIDA NA MARRA.. HEEHE PEGA AS CAMISINHAS E MANDA VER NESSA CADELONA….
Ouvi risada, eu tentei dizer um não, mas minha boca já foi tapada por um cacete enorme, bocas no meus peitos mordendo e sugando, dedos bocas e cacetes começaram a roçar a buceta e cú, eu gritava pedindo para pararem, mas quanto mais eles me atacavam, mais minha buceta ficava melada e era enchida com um pau, minha boca não tinha espaço para gritos mais pois só entrava paus uns gozavam rápido e enchiam minha boca, eu apanhava para engolir toda porra e deixar a boca vazia para outro… senti meu cú arder com paus sendo socados sem dó, a buceta sendo esfolada sem descanso… gozei várias vezes naqueles paus brutos, que me comiam violentamente… quando tudo terminou a caixa de camisinhas estava quase vazia, escorria um pouco de porra de minha boca, alguns gozaram nos seios vermelhos e com marcas roxas de chupões, a buceta doía e as vezes se contraia involuntariamente de tanto ser socada e gozada, o cú estava com um buraco enorme.. o grisalho me soltou, meu corpo todo doía.
__HEHE HOJE SIM ESTA COM A CARA DE PUTA QUE VOCÊ É.. APOSTO QUE GOZOU COMO UMA CADELA NO CIO QUE OS MACHOS VEM E METEM METEM, NÃO SABE QUANTOS MAS TODOS SÓ CHEGAM E SOCAM NESSA BUCETONA E CÚ ARROMBADOS… VADIA ORDINÁRIA..

__sim adorei.. respondi gemendo e toda dolorida.
Depois dessa noite o grisalho passou a me usar sexualmente para conseguir dinheiro, começou a vender meu corpo, e quando ele passava de carro a noite, havia homens diferentes eu tinha de mama-los, ou fuder com eles sem reclamar, sempre com grisalho olhando, o drive in passou a ser o ponto onde grisalho me levava para eu ser comida ou mamar, virei a puta dele e pior eu adorava, só algumas vezes o grisalho via que eu estava me negando a fazer anal com algum pauzudo, ele vinha dava uns tapas em mim, e socava os dedos no meu cú e mandava me currar sem dó depois… eu me tornei a puta vadia do ponto, dava sempre para pelo menos dois antes de voltar para casa, e isso me enchia tesão e gozava sempre seja nas mãos dos clientes ou o grisalho me fazia gozar dentro do carro antes de eu chegar em casa, eu continuei assim sendo a puta vadia dele por puro prazer.

Deixe um comentário



contos eróticocontos eroticos genroconto erotico gratiscontos incestconto erotico lesbicocontos eróticos insetoscontos erotixoshistorias eroticasporno contocontos eroticos por categoriacontos eroticos de travesticontos incestuososcontos eroticos sogrocontos eroticos primascontos de insestocontoseroticoputaria contosconto eroticoconto erotico uberconto erotucocontos eróticos femininoscontos eroticos de gravidascontoerotico.comcontos eroticoacontos de sexo analcontos eroticos.com.brcontos eroticos gay novinhocontos eroticos gay primocontos eróticos picantesconto erótico traiçãocontoserocontos eroticos traiçãoencoxando a maecomi minha cunhada contoscontos comendo a cunhadacontoseroticos incestoconto eroticoscontos eroticos viadinhocontos eroticos filhocontos encoxadascontos eroticos uberconto eroricocontos eroticos com policiaiscontos eroticos viagemmeu primeiro boqueteconto erótico professorcontoeroticoscontos eroticos troca de casaiscontos eroticos de fantasiascontos eroticos com padrastocontos eróticos femininocontos eroticos de putariacontos incesto mae e filhocontoserocntos eroticoscasados contosconto erotico praiacontos eroticos maeconto erotixocontos eroticoscontos eroticos primeira vezconto etoticocontos eróticos por categoriacontos eroticos mae e filhacontos eróticos lésbicascontos eroticos incestoscontos eroticos de incestocontos eroticos fantasiacuzinho contosconto erotico maecontos sexo incestocontos porno gaycontos eróticos sobrinhacontos eroticos banhocomendo meu primoconto eroticocontos comendo a sogracontos erotico reaiscontos de sexo no onibus