O dia que saí com uma mulher do skokka

Oi pessoal, bem decidi relatar como foi minha experiência com uma mulher do skokka. Eu sou Terapeuta Holístico diplomado e com bastante conhecimento adquirido em 5 anos de profissão, trabalho com drenagem linfática, empina bumbum, ventosaterapia, massagem modeladora, reflexologia podal e outras terapias. Tenho 1,80. 80 klg, sempre em forma, cheiroso e bonito.

Aí certo dia eu queria uma experiência diferente, então decidi colocar no site, vai que alguém se interessa, pensei. Coloquei, foi só colocar choveu mensagens, casais querendo presentear a esposa, solteiras e tal. Mas coloquei algumas exigências pois eu só iria fazer isso uma vez. Então em meios a tantos corpos, teve um que me chamou atenção. Loira, peitos firmes, bunda mediana e só tinha um abdômen retido por líquidos, toxinas, gorduras que a melhor terapia era a drenagem linfática para diminuir o inchaço pois o abdômen não era flácido, era só aquela

barriguinha normal que toda mulher que toma um chopp tem, eu falei que na primeira aplicação já diminuiria uns 2 cm de circunferência abdominal, e ela falou
– Se diminuir alguma coisa eu faço o que você quiser. Eu respondi:
– Olha não faça isso comigo, que eu tenho uns fetiches meio pesados kkk. Rimos juntos e eu perguntei
– o que gosta que façam com você? Ela respondeu
– Melhor perguntar se tem algo que não gosto, pois eu sou bem tarada, ela me perguntou se eu gostava de anal? Eu respondi

– Qual homem não gosta de um cuzinho feminino. Ela então respondeu:
– Que bom porque eu gosto de dar o meu.
Daí eu pensando comigo, caralho existe mulher assim, é pegadinha, deve estar me enganando…, então por fim, marcamos um motel, eu levei óleo de amêndoas e um creme especial para drenagem. Chegando no encontro ela foi de vestidinho, eu pensei; caralho ela é melhor que nas fotos que enviou, o corpo era malhado, coxas bem arrumadas, glúteos redondinhos, só o abdômen mesmo que não encaixava, mas nem dava para se notar muito, quando chegamos ao motel levei minha fita métrica e mensurei a circunferência abdominal dela e ela falou, se diminuir eu vou cumprir o que eu falei. Eu pensei caralho; já estava pensando no que fazer com ela, quando pedi para tirar o

vestido vi que estava só com uma calcinha fio dental. Pessoal eu fiquei com vontade de comer ela ali na hora, mas como prometi uma terapia corporal, fui profissional. Fiquei 40 minutos só nas manipulações, técnicas para forçar a linfa expelir as toxinas acumuladas no tecido. Quando terminei, falei: vamos mensurar novamente, diminuiu 3 cm até mais do que eu tinha falado. Ela estava com abdômen menos inchado e já dava para ver as costelas em cima, o formato delas na parte inferior do tórax, ela falou.
– Nossa não acredito, funciona mesmo, eu já tinha visto na internet vários artistas fazendo e tal, mas não acreditei.
Ela pegou nos meus braços, olhou para mim de baixo para cima com uma cara de danada, misturada com gratidão, que eu chega assustei, mudou o semblante tão instantaneamente, então ela disse:

– Agora, eu vou cuidar de você.
Chega imaginei aquele emoji do capetinha.
Eu disse.
– Relaxa que quem ofereceu serviço aqui foi eu, então dei um beijo nela, peguei na cintura dela com firmeza e deitei ela de bruços na cama, ela deu um sorrisinho. vou fazer uma massagem diferente agora eu disse. Tirei a calcinha dela e comecei a deslizar o óleo sobre as pernas dela e acariciei ela das panturrilhas até a bunda e chegando lá apertei gostoso que ela chega deu um gemidinho aqueles “hummm”
Então subi mais as mãos alisando as costas dela e comecei a beijar o pescoço, provoquei tanto que quando ela virou, ela ia me puxar para penetra-la, sem camisinha, eu quase enfiei de tanto tesão que estava. Mas nunca tinha visto era só um casual, a consciência pesou e coloquei a camisinha, mas entrou tão fácil, ela já estava escorrendo líbido. Bombei ela gostoso ela me apertando as costas, e gemendo, não sei se ela gozou ali mas foi bem intenso estava tão quente que a camisinha parecia que nem existia na minha rola, mas como ela disse que gostava de dar o cuzinho, falei depois que ela relaxou na minha rola, vamos meter nesse seu cuzinho, coloquei ela de 4 e reparei que ela era rosinha, eu falei: – judiação comigo, cuzinho é rosinha. Ela respondeu.

– é sim, mas pode deixar ele vermelho que eu quero sair com ele ardendo daqui.
Caralho, eu pensei, porra sério, nunca achei que iria curtir um momento com uma mulher assim, pois era mulher, de uns 30 e poucos anos, mas mantive o foco e falei.
– Se depender de mim vou te bombar até você não conseguir sentar.
Não sou dotado, mas tenho 18 cm, também não tenho a rola pequena. Mas ela é grossa, tem uns 8 a 10 cm, numa medi, mas é bem mais grossa que aqueles rolos de papel higiênico, todo homem já colou ou tentou colocar o penis ali, não me julguem.
Em fim, foi muito boa a experiência, eu consegui segurar e gozei na boca dela, ela engoliu olhando para mim como se tivesse satisfeita. Ela falou

– é além de bom com as mãos você é bom na transa. Curti, porém sou casada, eu queria uma aventura assim, e claro matei a curiosidade da drenagem, vou procurar uma clínica especializada e continuar fazendo, mas essa aventura não se repetirá pois pelo que eu vi eu vou acabar curtindo demais e amo meu esposo, foi uma experiência memorável. Muito obrigada.
Eu pensei, espero realmente que não seja a última vez. Porém vou respeitar, foi tudo muito bom, mas eu também tenho uma vida e entendi o lado dela.
Falei
– ok, eu gostei bastante. Mas se mudar de ideia só me mandar mensagem.

Um mês depois ela me mandou mensagem e disse que queria repetir a dose. Daí foi só história né?!
Curti demais relatar isso aqui, não iria falar para meu grupo de amigos pois iria desvalorizar minha profissão, ralei demais para conseguir o crédito que tenho. Não é uma aventura que vivi, que vou sair falando no grupo de amigos. Hoje já não nos encontramos mais, não faço mais as sessões nela pois sempre dá tesão em ambos e queremos ir mais, porém foi muito bom, curtimos muito as experiências, mas tudo na vida dura pouco. Bem eu ainda não tive coragem de anunciar novamente para vê o que o site me traria, pois isso vicia, perdi vários clientes pois estava tão fissurado nela que eu desmarcava meus clientes para passar a tarde com ela. Mas está aí meu relato, espero que tenham gostado. E vou deixar meu e-mail aqui, vai que surge alguma que me chame atenção como ela me chamou. Sou do DF [email protected] me chama aí, se eu gostar vamos vê se fica na memória também. 😈

Deixe um comentário

CAPTCHA




primeiro boqueteconto erotico cunhadacontos eroticos lesbicasconto/eroticominha mulher deu pra outrocontos eroticos irmasexo gostoso contoscontos eróticos de incestoconto erotico gratisconto erótico lesbicoconto erotico no onibuscontos eroticos mae e filhacontos de sexo analcontos eroticoscontos eroticos no onibusconos eroticoscontos eroticos lesbicoscontos eroticos de cornocontos eroticos de novinhascontos eroticos mulher do amigocomi minha cunhada contoscontos eroticos ubercontos eroticos de sogracontos eroticos casaisrelatos eróticoscontos/eroticoshistória eróticoscontos eroticos professoracontos eróticos cunhadacontos eroticos traiçãocontos eroticos onibus lotadocontos pornograficoscontos insestocontos eroticos siriricacontos de orgiacontos eroticos carrocontoseroticos incestocomendo a sogra contocintos eroticoscontos eróticos analcontos eróticos femininocontos de safadezaconto erótico dormindoconto erotico 2018contos eroticos mae do amigocontos eroticos com sobrinhacontos safadoscontos eroticos comi minha sobrinhacontos eroticos gay primeira vezconto comendo a cunhadacontos eróticos vizinhaconto erótico primacontos eroticos lesbicocontos de sexocontos podolatriacontos erotucoscontos eroticos recentescomto eroticocontos eroticos chupando bucetacontos eroticos cunhadocontos heróticoscontos eróticos de incestocontos eróticos cornocontos eroticos com policiaisconto erotico no cinemacontos eroticos gay primoconto eróticoconto erotico coroaconto erótico lésbicocontos eroticos padrastoconto eroticosconto.eróticocontos eroticos sogracontos eróticos lesbicoconto erótico gaycontos eroticos de traiçaoconto erotico sogrocontoerotico.comcontos eróticos swingconto sexocontos eroticasconto erotico traicaocontos de sexo selvagemconto erótico incestoconto gay primeira vezcontos de cornoscontos inversaoconto erotico traiçãopodolatria contosconto erotico sogroconto erotico insestocntos eroticosconto ero