Dando pra um Casado delicioso

Sou homem mas tenho corpo que parece de mulher, pois sou todo liso, minha bundinha é redonda e toda lisa parece de menina, quando eu era adolescente jogava bola com uns caras mais velhos, como eu era pequeno e magro sempre usava cueca tamanho P, a cueca sempre entrava no meu cuzinho, até parecia uma calcinha, mas nunca fiz isso de propósito, os caras gostavam muito de olhar pra minha bunda lisa, como sempre fui tomar banho depois do jogo, tinha uns 6 caras, tirei a roupa eu de costas parecia uma menina, pois tinha uma bundinha empinada e lisa, os caras vieram pra cima de mim, não tinha o que fazer, pois eram maiores que eu, eles riam e falavam hoje vc vai dar essa bundinha que nem uma putinha, senti medo é um frio enorme na barriga, meu pinto era minúsculo ficou mais

encolhido ainda, pois fiquei morrendo de medo, dois me segurando já me forçou a sentar em um pau de um negro, não aguentei e gritei aí aí, os caras riram e zombando falavam ah ela está gostando, eu não estava não, doeu muito, foram revezando e me comendo, tive que chupar eles também, não estava aguentando mais, por fim um gordinho com um pau grosso disse segura cada um em um braço, não estava entendendo nada, ele sentou no chão e abriu mais ainda meu cu, deu uma cuspida e fez eu sentar bem devagarinho, foi enterrando aquela pica grossa tudo, eu comecei a gritar, tira por favor, para se não eu vou cagar, os caras me seguraram mais forte, o gordinho não me ouviu, começou a bombear sem do, comecei a cagar no pau dele, pensei agora todo sujo me livro dele, não eu cagando sujando ele, mas ele não parava, saindo merda do cuzinho e aquele pau enorme me fudendo, não sei explicar fiquei de pau duro, os caras riam e falavam, falei que vc ia gostar, aquele pau duro sujo de bosta, ele ficou esfregando no meu rosto e fez eu chupar o pau dele daquele jeito, fui humilhado, minha boca, meu rosto e minha bunda toda suja de bosta, me largaram daquele jeito, confesso que cheguei em casa e bati uma punheta, fui estuprado e adorei, depois na vila um falava pro outro, aí sempre vinha um cara diferente me ameaçando, vc vai dar sua bundinha pra mim senão vou contar pra escola inteira que vc deu o cu até cagar e se melar todo, confesso que peguei gosto, dei meu cu pra vários caras diferentes, hoje eu só uso calcinha fio dental e adoro me masturbar com um cabo de vassoura enterrado no cu, mas confesso que adorei ser arrombado até sair bosta do cu, uma sensação deliciosa, nojento, mas quero de novo, quero ser amarrado amordaçado com uma calcinha toda suja de merda e porra, quero ser fodido até sair bosta do cuzinho, sem falar que adoro beber minha própria porra.

Adoro sexo diferente. Sou louco por fetish, portanto, não tenha vergonha de realizar todas as suas fantasias sexuais, pois assim, estarei realizando as minhas também. Tenho tara por chupar peito e fico louco, de tesão, quando mamam os meus peitinhos com vontade. Adoro fazer tudo: Chupar pica, chupar um cuzinho pra ouvir os gemidos de gozo; comer e dar o cuzinho; adoro falar e/ou ouvir sacanagens quando estou fodendo. Um bjão.

3 comentários sobre “Dando pra um Casado delicioso

  1. Que conto delicioso, hummmm que tesão.
    Amei
    Dou sempre no banho para o cabo do rodo, depois coloco uma calcinha e saio para trabalhar.
    Moro em São Paulo, sou louco para comer um cara de calcinha e depois dar para ele.
    Se tiver fotos vestidinha, podemos trocar.
    [email protected]

  2. Desde criança sempre gostei de homens, aos 12 anos senti pela primeira vez um pau nas minhas coxinhas de criança, um pedreiro que trabalhou na construção da nossa casa foi o meu primeiro contato com um homem. depois houve outros homens, mas só fui penetrado aos 18 anos por um médico que foi meu amante por 9 anos, moramos juntos, fui a mulher dele, aquele macho gostoso, bem dotado e muito carinhoso, por ser carinhoso e paciente ele abriu minhas pregas, foi o período mais gostoso da minha vida, amei e fui amado pelo Élio, meu primeiro homem, ele me vestia….calcinha fio dental, camisola transparente, hob de cetim vermelho, nossa foram tantas coisas eu me sentia uma mulher vestidinha de puta nos braços do Élio, meu macho inesquecível !! Sou um gauchinho puto de Porto Alegre, se alguém se interessar em bater um papo e quem sabe…..uma boa foda no meu rabinho…meu e-mail, [email protected] !!

Deixe um comentário

CAPTCHA




contos eroticos insestocontos eroticos encoxadacontos esposacontos eroticos de gordasconto erotico ubercontos lésbicosconto comi minha tiacontos eróticos de gayconto comendo a cunhadacontos eroticos travesticontos pornográficosler contos eroticoscontod eroticoscontis eróticoscontos eroticos comendo a sogracontos adultoscontos eroticos de incestocontos eróticos lesbicotexto eroticocontos eroticos ilustradoscontos eróticos curtoscontos eroticpscomi minha filhacontos pornôscontos eroticos travestisconto erotico primacontos eroticos mãecontos reais eróticoscontos eroticos enteadaconto erotico no onibuscontos eroticos recentesincesto contostraveco dotadoconto erotico filhaeróticosnovos contos eroticoscontos eróticos mãe e filhocontos sexocontos eroticos gays cnncontos de sobrinhascontos eróticos swingcontos eroticos irmaoscontos eróticos padrastocontos eróticos novinhascomi minha tia contosconto eroticontos de swingcontos e fetichesrelato eroticosincesto contos eroticoscantos eroticoscontos eroticos no onibuscontos eroticos gay ultimoscontos eroticos viuvaconos eroticoscontos eroticos no onibuscontoseroticos gayconto eroticoscontos eroticos minha tiacontos eroticos no tremconto etoticocontos eroticos coroatextos eroticoscontos eroticos verdadeiroscontos eroticos netcntos eroticoscontos eróticos padrastocontos eroticos proibidoscontos eróticos femininosrelatos eroticoscontos reais de incestoconto erotico incestoconto erotico sobrinhahistória eróticoscontos eroticos sobrinhoexibindo a esposameu conto eroticoconto erotico gratiscontos eroticos de gaycontos eroticos sobrinha novinhacontos eróticos gayrelatos eroticos reaisconto comendo a cunhadacdzinha contos