Meu Coroa Cinquentão

Quando eu fiz 20 anos parti em busca de emprego, pois precisava pagar minha faculdade.

Numa manhã recebi uma ligação para eu me apresentar para uma entrevista para a função de atendente(secretária) em um consultório médico, as 2hs. em ponto cheguei lá, tinhas duas garotas na minha frente que não paravam de tagarelar, uma delas disse: Eu trabalharia para ele de graça, eu folheando uma revista só escutava.

Então chega a minha vez, ao entrar e dá de cara com o Dr. Sávio, minha bolsa até caiu no chão, eu sem graça peço desculpas, ele diz: Isso acontece, e mandou-me sentar, provavelmente ele notou que eu estava muito nervosa, ele até me ofereceu uma água a qual agradeci, e ele com um leve sorriso comentou: Você tá muito nervosa, se acalme.

Sentou-se na sua cadeira e disse: Vou te fazer só duas perguntas: Porque você quer esse emprego? E a outra qual sua pretensão salarial?

Eu respondi que queria o emprego porque precisava pagar minha faculdade, e quanto ao salário, gostaria de ganhar o justo, o que já era muito bom pra mim.

Ele levanta o rosto acima do notebook que estava na sua frente e diz: O emprego é seu! Você começa na segunda, pois a moça que está aqui só fica até sexta, levantou apertou minha mão gelada e eu sai.

Minhas ideias não concatenava nada com nada, ao dobrar o corredor eu me sentei em outra sala de espera tomei uma água, afim de me acalmar, porque queria entender o que foi tudo aquilo, nunca antes tinha visto uma entrevista daquele jeito, sem falar de como eu estava me sentindo. Eu não sentia borboletas revoando no meu estômago, eu sentia como se estivesse levado um soco na boca do estômago, enfim fui para casa feliz por ter conseguido o emprego.

Ao mesmo tempo que me sentia muito esquesita, passei a sonhar com aquele lindo e charmoso homem acordada, e quando eu dormia eram sonhos que me faziam acordar molhada e ofegante.

Enfim chega a segunda feira, começo a trabalhar ao lado dele tentando me controlar de todo jeito possível.

Em uma tarde eu estava dentro do consultório, mais precisamente trocando o forro da cama de exames, quando ele chega por trás de mim e coloca a mão no meu ombro e diz: Que quando acabasse o atendimento que queria conversar comigo, porém ele percebeu que ao tocar-me eu estremeci, ele sorri e volta para mesa dele, quando encerrou as consultas eu entro e ele me manda sentar, puxa uma cadeira e senta na minha frente, segura minhas mãos entre as deles e olhando nos meus olhos diz: Nós dois sabemos o que estar acontecendo conosco certo? Eu respondi: Comigo eu sei, só não sei quanto a você, ele aperta as minhas mãos e fala: Porque você acha que lhe dei o emprego tão depressa? Mais agora me diga e você? Eu desde que te conheci que meu mundo virou de cabeça para baixo, sei que não devia até pelo fato de você ser casado, mais me apaixonei por você, é algo que não pude evitar, ele me interrompe, falando que nunca se envolveu com funcionárias, nem quando era novo, ainda mais agora com 51 anos apaixonado por uma garota de 20 anos, isso tinha afetado a capacidade dele de pensar sobre certo e errado, a única coisa que ele pensava dia é noite era em me ter nos seus braços, eu nesse momento me atirei em seu colo e lhe dei um beijo lascivo, ao qual ele corresponde com uma volúpia que nos fez parar no tempo, segundos depois, ele me carrega até a sala de exames me coloca na maca, abre minha blusa, e começa a lamber e chupar meus seios, até pareciam ter sidos feitos para a sua boca, ao mesmo tempo desabotoou minha calça e a tirou, passando a beijar minha xaninha enxarcada, lambia meu necta como se dependesse dele pra viver, sua língua me enlouquecia quando lambia o meu clitóris eu sentia ondas percorrer o meu corpo, de repente sinto um gozo explodir em mim, ele para um pouco me olhando ainda tremendo por aquela sensação maravilhosa e começa a tirar as calças, nesse momento eu entendo o que vai acontecer e falo pra ele : Não me machuque, eu sou virgem, ele me aperta em seus braços e diz: Que sendo assim ali não era lugar pra acontecer algo tão especial, nesse momento eu me sento na escadinha que serve para subir na maca, e coloco seu pau latejante na boca, massageei suas bolas, lambi de alto a baixo e comecei dando beijinhos na glande, até que introduzi seu mastro delicioso na boca e fiz uma sucção deliciosa até que ele gozasse, e quando ele que tava com as mãos apoiadas na minha cabeça, tremeu e quase dobra os joelhos de prazer, em seguida ficamos abraçados ali os dois nus, até que nos recompomos.

No dia seguinte ele mandou que eu cancelasse as três últimas consultas, e quando ficamos livres saímos e fomos a um motel lindo, ele tirou minha roupa enquanto eu tirava a dele, caímos na cama ele me dando um verdadeiro banho de gato enquanto eu tremia e arfava com todo aquele carinho, eu tinha pressa em tê-lo dentro de mim, então falei enquanto o beijava, me faz mulher, ele depois de dá uma chupada e um beijo de língua na minha bocetinha ergueu uma das minhas pernas é com muito desejo e carinho foi forçando a cabeça que já pingava seu pré gozo, e quando me dei conta além de falar coisas desconexas dei um gritinho quando ele rompeu meu hímen, ele sincronizou seu corpo com o meu e mexemos bem gostoso, e quando aqueles movimentos ficaram frenéticos gozamos, e eu me senti a mulher mais completa da face da terra, sendo desvirginada pelo homem que eu amava.

E desde esse dia, somos amantes até hoje estamos juntos já fazem 9 anos, que somos tudo um para o outro.

Deixe um comentário



últimos contos gaycontos eróticos de incestosrelatos e contos eroticoscontos erotcosconto erotico meninosexo gostoso contoscontos erotioscomendo a sogra contocomi meu primoconto erotico maecontos erotcoscontos sexycontos eroticos coroacontos reais eroticosconto eróticocomi minha tia contocontos eroticos encoxadasmeucontoeroticocomendo a madrastaencoxando a mãecontos eróticos onlineconto erotixocontos perdendo a virgindadecontoerotico.comcontos eroticos femininocomi minha tia contoscontos eroticos recentescontos insestocontos de safadezacontos eroticos insestoscontos eroticos metrocontos eroticos enteadaquero ser cornocontos pornocontos eroticos maecontos eroticos avocintos eroticoscontos eróticos de traiçãocontos eroticos realcomendo a madrastacontos eroticos de novinhacontos eroticos primasconto erotico sogrocontos boquetecontos eroticos proibidoscontos sexuaiscontos eroticos bem gostosocontos de sexo analcontos eróticos papaiconto gay tiocontos erotcoscontos eroticosconto gay eroticotravesti contosrelatos incestoexibindo a esposaconto putariacontos eróticos lesbicoscontos eróticos gayshistória eróticosconto erótico travesticontoerotico.comcontosincestoscontos reais eroticoscontos de swinggozando no onibuscontos heroticoscontos eróticos grátiscontos pornográficoscontos eróticos tiaconto incestocontos eroticos meninoscontos eróticos brconto erótico lesbicocontos eroticos gayconto porncontos analcontos eróticos por categoriacontos de.sexoconto erótico incestocontos de coroascontos safadoscontos eroticos gay primeira vezcontos eroticos mulher do amigocontos eroticos banhoconto erótico professorcontos eroticos de meninascontos eroticoz