Minha sogra

Olá me chamo ovlean e gostaria de compartilhar com vcs minha história e sem querer parecer cliché trata se de fatos verídicos. Sem mais delongas tudo começou quando eu tinha 6 anos ou até menos não me lembro ao certo, mas fato é q eu já era bem safadinho rsrsrs e sempre quis manter relações sexuais com uma mulher garota ou um similar , bem anos se passaram e eu não consegui realizar essa fantasia de garoto mas com doze anos esse quadro começou a mudar conheci minha primeira namorada , uma garota loira linda posso dizer até q já a amava ,não acreditava como ela era linda e não me achava a altura dela . Bem tomei coragem e fui pedir permissão para sua mãe para namorar com sua filha e consequentemente frequentar sua casa , ela sua mãe, parecia muito rígida e exigente mas ainda sim

permitiu , como não permitiria eu era um rapaz jovem bem sério e sabia me expressar bem , modéstia a parte rsr . Logo passei a frequentar sua casa o namoro era ótimo nossas beijos se encaixaram muito bem q aliás era a primeira garota q havera beijado , -hj sei disso pois já tive diversas outras pessoas , mas na época só achava q nosso bjo era muito bom , bom demais . Um belo dia começamos a falar sobre sexo oral , eu e minha namorada , disse a ela q tinha curiosidade de “beijar lá embaixo”, detalhe: tinhamos apenas 12 anos cada um ( não sou a favor disso tão cedo ) então ela falou q sim q poderia deixar q eu fizesse isso e marcamos um dia q sua mãe não estivesse em casa e fiz meu primeiro sexo oral , cara q maravilha!!! Amei aquele sabor e sei q ela amou tbm , e me descubro um hábito chupador de buceta ! – mais uma vez modéstia a parte rsrs. Mas em fim , continuamos com o namoro com esses bônus de adolescente . Um belo dia sua mãe me pediu pra q eu a ajudasse a arrumar um móvel com ela , eu já tinha passe livre na casa e total confiança de ambos , ela e o sogro, mas numk abusei disse sempre me comportei na medida do

possível. Enquanto eu ajudava minha sogra com o móvel minha namorada está fazendo um trabalhinho como manicure a essa altura nós já tinhamos 15 anos , e lá estava eu com minha sogra rígida na cozinha sozinho pois meu sogro estava no quintal q por sinal era muito grande , ah esquecí de mencionar ele tinha um problema no cérebro q o fazia perder a memória e ficar meio isolado de todos mas mesmo assim tinha uma boa relação com ele mas naquele momento está só com minha sogra . Como disse no início do texto sempre fui bem safadinho e essa parte de mim se manifestou quando minha sogra se abaixou perto de mim pra pegar a chave filips e vi sei decote , ela tinha 40 anos na época mas tinha um corpo bem atraente e seios durinhos , quando os ví por seu decote meu pau deu sinal de vida e eu estava com uma cueca bem folgada e logo o volume cresceu e ficou aparente e ela percebeu , bem fiquei constrangido , na verdade ficamos , ví q seu rosto ficou corado mas fingimos q nada tinha acontecido e terminamos o serviço . Depois de q isso aconteceu passaram se alguns dias , era um domingo acho e eu estava almoçando na casa da minha namorada com minha sogra mas meu sogro como já disse ficou meio estranho depois da doença e não

comia com a gente . A comida dela era muito boa conversa vai conversa vem e minha sogra me pediu pra q eu dormisse lá na noite de segunda pra terça pois meu sogro iria fazer um exame na capital do estado q morávamos , e eu como bom genro disse q tudo bem , avisei minha mãe e dormí lá na noite de q meu sogra tinha viajado . Só q na hora de irmos pra cama ela pediu q eu dormisse na mesma cama q elas , até achei meio estranho mas concordei , tudo certo fomos pra cama e nós despomos a dormir : minha namorada numa parte da cama no canto minha sogra no meio e eu na outra parte . No meio da noite comecei a lembrar dos seios dela no dia em que eu estava mexendo no móvel dela e infelizmente meu pau começou a subir e encostei na bunda dela e ela sentiu pois percebi q ela meio q se mexeu mas pra minha surpresa ela não se afastou e meu pau só crescia quando dei por mim estava com o pau no

meio de seu bumbum e ela enclinada, não poderia acreditar mas o tezao era tão grande q não parei derrepente ela põe a mão pra trás e começa a pegar no meu pau q estava ensopado e passou a me punhetar e levar a mão a boca e lamber os dedos aquilo me deixou louco de tezao e fez isso por algumas vezes antes de ela mesma puxar a calcinha pro lado pegar meu pau e colocar na entrada de sua buceta encharcada e peladinha , foi quando senti a cabeça pulsante de meu pensa deslizar apertado por sua buceta , quando isso aconteceu ouvi ela dar aquele gemido q meu fez eu sentir uq nunca tinha sentido uma mulher urrar com meu pau e sim aquela foi a minha primeira vez , foi ótima por sinal , não demorei a gozar enchi sua buceta com meu leite quente e ela continuou a por seu bumbum pra trás já com sua escorrendo porra , eu podia sentir porq escória por toda parte , mesmo eu tendo gozado meu pau

continuou duro e ela a socar sua vagina insandecisa com meu pau pulsando dentro tudo isso demorou uns 40 mim até q minha namorada na outra parte da cama fez mensao de acordar foi quando paramos . Nossa como foi gostoso fuder minha sogra pena q não pude fazer lá sentar nele. Pela manhã tava aquele clima até q conceguimis desfarçar bem q estávamos constrangidos até q minha namorada saiu pra fazer algo na rua e ficamos sozinho foi quando comecei a me desculpar pelo uq tinha feito com ela na noite seguinte mas antes q eu terminasse de falar ela me interrompeu e disse – não foi nada fica em paz . Tudo passou mas não éramos mais apenas sogro e genro tinha algo mais entre nós … Um belo dia tivemos a oportunidade de mais uma vez ficar sozinhos , na verdade meu sogro sempre estava no lugar preferido dele o fundo do quintal, aí com muita vergonha fomos conversando sobre o assunto e quando damos por nós estávamos embreagados de tezao mais um na vez e nessa conversa ela me confessou q fazia 10 anos q não se sentia desejada como mulher do jeito q tínhamos feito pois seu esposo era impotente , eu a ouvi e consolei mas mesmo assim com esse desabafo contávamos no clima daquela noite e mais uma vez não nós

controlamos e começamos a nós atracar em uma mistura de beijos e preliminares, eu ainda era um adolescente de 15 anos mas sabia uq tava fazendo . Logo ela parou e disse dxa eu fazer uma coisa q qeria fazer a tempos abaixou minha bermuda e começou a me chupar , nossa q delícia de chupeta q minha sogra sabe fazer , pensei eu gemendo com aquela boca no meu pau engolindo tudo em um boquete macio e sem pudores mas ao mesmo tempo sensual , estávamos fazendo tudo isso com meu sogro lá no quintal q nem ligava pro q tava acontecendo com sua esposa talentosa , olha q talento ! Logo em seguida a arrastei para o quarto e lá pois ela de quatro e comecei a meter nela pena q não podíamos fazer mais barulho porq a coisa tava muito boa ! Depis de uns 20 minutos de meteçao falei pra ela q iria gozar aí ela falou calma aí falta vc por atrás , cara não acreditei ! Mas mesmo assim comecei esfregar a cabeça do meu pau em seu cuzinho apertado mas q não com muito esforço meu pau começou a sumir naquele

bumbum gosto e ela gemia e se empinava mais ainda pra mim , foi ai q notei q ela já fazia isso com meu sogro a muitos anos atrás até senti dó dele por não poder mais aproveitar a quela mulher mais . A essa altura não consegui mais segurar e dei uma esporrada farta dentro do seu cuzinho quente , foi tá gostoso q meu pau esmoleceu na hora foi quando vi aquele cuzinho semi aberto com meu leite escorrendo , amei aquela sena , aqueles anos em quis tanto fuder uma mulher avia chegado com muito bônus !! E ficamos nessa por mais 5 anos até hj lembro da minha sogra ….q sogra …

Deixe um comentário

CAPTCHA




contos eroticos swingconto erotico sogracontos encoxadacontos eroticos surubaincesto contoscontos de putariascontos eroticos gay incestocontos eróticos onibuscontos eroticos vovocontos de sexcontos eroticos entre irmaoscontos eroticsconto eróticaconto comi minha tiacontoseroticos incestoconto eróticoscontos eroticos tia e sobrinhocontos eroticos no carrocontos eróticos bem safadoscontos eroticos selvagemcontos eroticos femininoscontos eroticos com padrastoviuva gostosacontos eroticos de mulheres casadascontos eroticos padrastocontos eroticos de coroascontos cunhadacontos de sexcontos erotico incestocontos de safadezacontos eróticos irmãcontos eroticos de gordascontos de sacanagemcontos eróticos no onibuscontos eróticos bem safadosconto eroticontos eroticos comendo a cunhadacontos eroticos tiocontos eróticos 2018contos eroticos gays cnncontos heroticos gaycontos inversaocontos eroticos com novinhacontos de corno mansocrossdresser contostransei com meu filhocontos eróticos gaycontos sexo reaisconto pornôconto heroticoscontos gostososcontos eroticos onibuscobtos eroticoscontos eroticos em familiacontos eroticos de encoxadasconto erotico meninoeroticos contoscontos eróticos picantescontos eróticos de incestoscontos de incestoscomi meu primoconto erotico categoriacontos eroticos proibidoscontos eroticos empregadacomi meu primorelatos eróticoconto erticonovos contos de incestoúltimos contos gaycontos eroticos novoscontos eroticos viagemcontos eroticos encoxadascontos eróticos verídicoscontos eroticos de primascontos de incesto gaycasa dos contos erconto erótico realincesto contocontos heroticos gaycontos eróticos femininocontos eroticos maeporno contoscontos eróticos tiacontos eróticos incestoscontos eroticos cornossexo contogay contos eroticoscntos eroticoscontos erotico incesto