Meu marido perdeu o poquer

Me chamo Aline, tenho 29 anos, sou branca ruiva (inclusive lá em baixo) sou casada com Kleber a mais de 5 anos. Sempre fomos um casal normal no quesito sexo e nunca havíamos feito nada diferente até que o corno do Kleber fez essa cagada…
Todas semanas Kleber sai com seus amigos às quartas-feiras para uma noitada de pôquer esse grupo de amigos se reúnem a muitos anos e é um grupo que sempre aumenta, hoje eles são em 12 amigos e cada vez o encontro acontece na casa de um do grupo.
Dessa vez, o encontro foi no apartamento de um novato (que eu não conhecia ainda), o nome dele é Max.


Como de praxe, Kleber saiu para jogar e eu fui tomar uns drinks com minhas amigas (algumas delas inclusive esposas dos caras do pôquer), a noite correu tudo bem e lá pelas 23h00 nos encontramos em casa.
Kleber estava com uma cara estranha e eu perguntei o que era e ele apenas me disse que foi uma noite ruim e que tinha perdido tudo! Deixei pra lá e fomos dormir.
No dia seguinte, no café da manhã, Kleber me contou que eles haviam ido longe demais na noite anterior e que os caras apostaram as esposas e que ele havia me perdido para o tal de Max. E que eu deveria passar o fim de semana todo com ele. Não acreditei no que eu estava ouvindo, como pode uma coisa dessas? Estava com raiva de Kléber. Como ele teve coragem de fazer isso? Comecei a chorar, estava indignada. Levantei da mesa, e disse: me passa o contato desse cara, seu corno, que eu vou ver como resolvo isso, seu corno de merda!

Passado um tempinho eu liguei para o tal de Max, com a intenção de fazer alguma negociação.
O filho da puta, já estava com meu numero registado em seu celular e já atendeu dizendo: bom dia putinha! Está pronta pra ser minha?
Na hora fiquei sem reação mas pensei bem e disse. Claro garanhão, já estou sabendo que o corno do meu marido me perdeu no jogo e eu estou disposta a me entregar toda para vc e realizar todos os seus desejos, sejam eles quais forem.
Ele deu uma risada safada e disse: bom saber.
Ai eu completei, mas queria colocar apenas uma condição posso? Você tem o direito de fazer comigo o que quiser nesse fim de semana, mas quero que filme alguns momentos e mande isso para o corno do meu marido. Pode ser?
Ele caiu na gargalhada e disse: vou adorar fazer isso.
Pega meu endereço com seu marido e esteja em casa as 20h00, diga para ele que vc estará de volta no domingo as 18h00.

Quer saber de uma coisa, já que o corno fez isso, eu vou tirar proveito da situação e vou tentar curtir o máximo possível.
Conforme o combinado na hora marcada eu estava tocando a campainha do apartamento de Max. Nem acreditei, até que Max era uma cara bem interessante, na faixa de uns 40 anos, branco, cabelos grisalhos e olhos azuis. Ao olhar para ele senti um frio na espinha, nunca havia transado com outro homem.
Nessa noite ele me tratou como uma princesa, fizemos amor mais de uma vez no decorrer da noite e foi uma delícia.
No dia seguinte, o tom da voz de Max, já era outro. Depois do café ele ordenou que eu tomasse um bom banho e que usasse apenas o vestido que eu estava no banheiro mas sem nada por baixo.

Bom, obedeci, ficou bem indecente, era possível ver meus seios através do vestido meio transparente e eu precisava ficar segurando a saia para não levantar e aparecer minha bunda toda.
Entramos no carro dele e pegamos a estrada. Ele apenas disse, vamos passar o fim de semana no sitio. No meio do caminho paramos em um posto de gasolina para abastecer e almoçar. Quando entrei no restaurante, local de caminhoneiros, notei vários olhos me cobiçando e o safado do max me abraçou, levantando levemente meu vestido e deixando parte da minha bunda a mostra.
Alguns mais abusados chegaram a assoviar e ate mesmo me chamar de gostosa. Max apenas disse, está gostando de ser puta?
Enfim chegamos no sitio, já devia ser umas 13 horas. E aos poucos foram chegando os amigos do meu marido corno do pôquer, achei estranho mas fiquei na minha. Em determinado momento Max anunciou: então Aline, não achei justo usar vc sozinho e chamei o pessoal todo do pôquer para comer vc.
Vc deve fazer a vontade de todos aqui, será a nossa puta vadia durante hoje e amanhã. Pode começar tirando a roupa e chupando a pica da rapaziada.

Os caras logo chegaram e começaram e socar pica na minha boca, tinha pintos de todos os tamanhos cores e formatos e Max cuidou de fazer o vídeo para mandar para o cornudo.
Me fuderam de toda a forma formam horas de foda sem parar. Eles revezavam na minha buceta e no meu rabo e até preencheram os dois buracos juntos. Durante dois dias e fui usada e abusada do jeito que eles quiseram e pra falar bem a verdade, eu adorei.
De hoje em diante, meu marido virou corno manso e ele não passa mais nem uma semana sem levar chifre, acho que na verdade ele também curte saber disso. hehehe…

2 comentários sobre “Meu marido perdeu o poquer

  1. Fez bem em aproveitar pra curtir o momento.Com certeza seu marido ta gostando de ser corno.Bc deve ser uma gostosa e cada dia mais putinha.Eu Moreno claro discreto ativo para casais e mulheres sós aproximadamente 19 cm de pica,sigiloso,nada demais,não sou super em nada,educado,higiênico.Vc mulher maior de idade ou marido que queira exibir sua esposa gostosa falar sacanagem,vc macho que queira exibir sua mãe gostosa sua irmã sua filha ou namorada desde que maiores de idade com sigilo e discrição me chama aqui
    Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

  2. Me chamo yasmim moro em camboriu e adorei esse conto gostaria q meu marido tambem me perdese no jogo pra um homem maduro charmosa carinhoso e cm boa pegada

Deixe um comentário

CAPTCHA




contos eroticos de gordascontos eroticos reaiscontos eroticos gay primoscontos sobrinhacontos eroticos com travesticontos eróticos brcontos eroticos mãecpntos eroticosconto eroticoscontos eroticos mais lidoscontos de corno mansoconto erotico primocontos eroticos de encoxadasencoxando a mãeconto erticocontos eroticos de sobrinhastraveco dotadocontos eroticsconto eróticocontos de sexo incestocontos eroticos dormindoconto erotico cunhadacdzinhacontos eroticos medicocontos de sexo reaiscontos eroticos onibus lotadocasados contoscontos eróticos sogrocontos eróticos analconto eroricoputinha do papaiconto erotico gay heterosexo contoscontos eroticpscontos eroticos incestuososcontos eroticos com animaisrelato eroticosconto eróticocontos pornos gayscontos pornôscontos heróticoscontos gay recentesconto erotico casadacontos eroticos de novinhaconto erotico maecontos eroticos swingcontos cornosconto travesticontos eroticos insestoscontos eróticos femininoscontos cunhadinhaconto erotico padrastocontos incestocontos eroticos incesto mae e filhomelhores contos eroticoscontos eróticos sogroconto erótico irmãoconto erocontos eroticos de corno mansocontos eróticos coroascontos eroticos de corno mansoporno contovontade de dar o cucontos eroticos de mulheres casadascontos eroticos onibus lotadocontos eroticos incesto mae e filhocont eroteroticos contoscontos safadoscontos eroticos bem safadosconto erotico 2018contos eroticos casadascontos eroticos para mulherescontos eroticos de primascontos eroticos ilustradosconto erotico primocontos cuzinhocontos eróticos gratiscontos eroticos primocobtos eroticosconto eróticocontoeroticosconto erotico no cinemacontos porno incestocontos eroticos insestoconto erpticocontos eróticos filhanovos contos de incestocontos eroticosconto erotico no onibuscontos eroticos incesto pai e filhaconto erotico travesticontos incestoscontos eroticodcontos eoticosconto erotcocontos gay 2018contos eróticoúltimos contos gay