O Menage perfeito

É meu primeiro conto, então sinceramente, espero que gostem! Que possam se excitar assim como eu toda vez que lembro da situação.

Quando aconteceu eu tinha 28 anos, feroz por realizar minhas fantasias, pois tinha acabado se sair de um casamento abusivo e frustrante.

Sou bissexual e amo uma putaria, gosto de me entregar aos desejos que sinto. Tenho 1,53 de altura, pele branquinha, não sou magrinha e tenho uma bunda perfeita!

Estava no tinder buscando mulheres e casais, pois os menages que fiz eu saí um pouco frustrada. Encontrei um Casal que tinha uma descrição interessante, pareciam bem liberais e o mais importante, a mulher queria muito sentir outra mulher.

Conversamos por dois dias apenas e já estávamos loucos de desejo. Sugeri com uma brincadeira de nos encontrarmos para ir no Motel, e Joyce aceitou prontamente, implorando para que fosse verdade e fosse naquele mesmo dia! Eu já estava com muito tesão e mesmo com um pouco de medo, decidi aceitar.

Eles olharam o motel e escolheram a melhor suite, combinaram de me pegar e ao chegarem fiquei encantada com a beleza dela. Tinha uns cabelos longos, andulados, pele branquinha, corpo violão e um cheiro delicioso. Ele era um homem enorme barbudo, parecia do tipo malvado, mas fui descobrir que era um fofo!

Assim que entrei no carro ela me beijou, fiquei surpresa, mas logo minha buceta reagiu, pulsando de tesão!

Fomos conversando pelo caminho e nos tocando. Ao chegar no motel eu queria logo tirar minha roupa, mas nem precisei deste trabalho. Rsrs

Joyce veio logo me beijando e eu senti Eduardo vindo por trás. Ela me beijava com desejo, uma boca macia e suave. Ele começou a lamber meu pescoço e segurou meus seios, foram tirando minha roupa e beijando todo meu corpo.

Eu estava completamente molhada ao ver a sintonia dos dois e desejo por mim, senti uma mão grande me tocando e ela começou a mamar. Eu gemi alto!

Eles me conduziram para a cama quando ele disse: você será toda nossa! Iremos nos deliciar neste corpo gostoso realizando nossa maior fantasia. Com cara de safada olhei para ele e respondi: vcs nem podem imaginar o tamanho do meu desejo, o prazer de hoje será absolutamente o maior sentido até agora. Comecei então minha performance.

Na cama eu deitei por cima dela, mandei ele se sentar atrás de mim e somente observar, estava proibido de me tocar. Fui beijando o corpo dela, comecei pela boca, passei pelo pescoço, minhas unhas deslizando pela cintura, passando pelas coxas até encontrar aquela bucetinha deliciosa! Ela estava tão molhada que precisei colocar um pouco de força para tocar. Para fazer isso fiquei de 4 empinando o rabo para ele, pude ver que ele estava batendo uma punheta. Eles estavam delirantes e eu só estava começando.

Deixei ela um instante e fui até ele, beijei sua boca de maneira selvagem coloquei a mão dele nos meus peitos e perguntei se queria chupar uma buceta diferente, prontamente respondeu que sim, empinei a bunda para ele novamente e olhando safadamente para ela disse que tb queria buceta. Quando ele começou a chupar eu rebolava na cara dele e aproveitava para chupar cada centímetro da buceta molhada dela. Os gemidos só estavam ficando mais altos, queria sentir aquele cacete em mim, então me deitei em cima dela colocando nossos grelinhos em contato, como estávamos depiladinhas ficou uma delícia, ele veio por trás socando em minha buceta, no movimento dele de me fuder fui me esfregando nela, beijando sua boca e seu pescoço ora permitindo que ela mamasse em mim. Aquilo foi delicioso, ela arranhava minhas costas, nossas bucetas deslizando, ele ofegante na minha nuca metendo sem dó! Me surpreendeu com sua resistência. Nós duas começamos a gritar ela gozou primeiro e eu logo em seguida intensamente, cai em cima dela para poder recuperar…

Nos demos um beijo e olhamos para ele que ainda estava de cacete duro, começamos a chupar juntas, aproveitamos para beijar, uma no saco outra no pau e investiamos a ordem.

Que tesão tudo aquilo, então ele pediu para ela ficar de 4 pq tb queria sentir aquela buceta, aproveitei e perguntei se ela Queria provar a minha, sem pensar duas vezes disse sim. Me deitei e ela ficou de quadro no meio das minhas pernas e virada para ele. Só aquela visão me enlouqueceu. Era a primeira vez que ela chupava uma buceta, não teve muitas dificuldades para acertar, safada e gulosa colocou dois dedos, elogiou meu gosto e depois não tirou mais a boca. Ele começou a fuder energicamente e anunciou que iria gozar, ela gozou junto e vendo tudo aquilo explodi de tesão e gozei tb… nos deitamos exaustos e deliciados.

Nos acariciamos por alguns minutos comentando os detalhes do que havia acontecido.

Finalmente eu havia realizado minha fantasia, com um bônus de ter sido a primeira dela oficialmente, e isso me deixa muito excitada.

Tudo recomeçou, mas acho que pode ficar para um próximo conto.

Deixe um comentário



contos eroticos encoxadascontos eroticoscontoserotconto erotico ubercontos eroticos comendo a sobrinhacontos eroticos velhocontos eroticos esposasultimo conto gayporno contoscontos eroticos insestostransei com meu padrastoconto porno gaynovos contos de incestocontos eroticos filhoconto erotico pai e filhacontos eróticos proibidosminha esposa nuacobtos eróticoscontos ertcontos xxxcontos de coroasconto eroticoscontos eroticos casadacontos cunhadacontos eroticoscontos encoxadascomi minha sograconto erotico categoriacontos eroticos comendo a cunhadaconto erotico primacontos eroticos com animaiscomi minha mae contocontos de sexo incestocontos eroticos mae e filhacontos eroticos primascontos eroticos esposacontos gays 2018contos eroticos netcomi minha tiaconto porno incestoconto erotico sograenteada gostosawww.contoseroticoscontos eroticos de sobrinhascontos eroticos namoradosrelatos eroticoscontos eroticos de maequeria ser cornoconto eróticacontos eróticos de cornoconto sexo gayexibindo a esposacontos gay 2018contos eroticos avoconto de putariacontos eróticos femininoscontos erotocosestorias eroticasconto erótico padrastocomi minha professorasexo com cunhadacontos eroticos reaiscontos eroticos onibusconto erotucocomendo a madrastacontos de casalconto crossdressercoto eroticocontos eroticos adolecentescontos eróticos br