Meu marido deixou eu sair com meu patrão

Sou morena, 1,70, 62kg, olhos verdes e casada a 2 anos. É o meu segundo casamento, sendo que no anterior casei muito cedo e acabamos nos divorciando. Fiquei alguns anos solteira e casei novamente a 2 anos atrás.
Meu marido atual é moreno, 1,85, 85kg. Ele é muito liberal, e desde que nos conhecemos deixa claro que gosta quando me visto bem e deixo outros homens loucos.
O que vou relatar agora aconteceu a alguns meses. Trabalho com RH em uma empresa em Curitiba e estava sendo constantemente assediada por meu chefinho. Sempre me visto bem, com calças justas e blusinhas decotadas, e o tarado sempre ficava me secando e jogando piadinhas. Sempre contei para meu marido e ele gostava de ouvir.
Ele não é nenhum padrão de beleza, … um baixinho (mais baixo que eu sem salto) e gordinho. Ele é divorciado a alguns anos e no fundo eu ficava com um pouco de pena dele.


As coisas começaram a esquentar na última festa de fim de ano. Estava de vestido branco, bem justo até o joelho, um decote discreto e uma calcinha comportada por baixo, marcando no bumbum, com um salto bem alto.
Todos os homens estavam tarados, mas eu não era a única bem vestida. Meu chefe desde o começo da festa estava me rodeando, e me elogiando. Ele estava todo social, com calça preta e camisa branca. Dancei algumas músicas com ele e outros colegas. Meu chefinho me apertava na cintura e ficava um pouco acima da altura dos meus seios, e ficava muito engraçado, fazendo todos começarem a rir dele.

No fim da festa após muitas bebidas vi que ele estava sentado sozinho, meio chateado. Fui lá sentar do lado dele e tentar reanimá-lo. O banco era de madeira e sentei bem perto me encostando nele. Trocamos uma conversa e ele colocou a mão na minha perna, um pouco acima do joelho. Deixei para lá e ele começou a se abrir falando que tava pracisando “dar uma saída” com uma mulher, pois já fazia algum tempo que estava só. Acariciei a nuca dele e falei que se pudesse ajudaria com prazer, piscando para ele, claro num tom de brincadeira. Rimos e conversamos mais um pouco e quando percebi ele estava acariciando minha coxa. Olhei para o lado e pude perceber que ele estava excitado, com um volume que a calça social não conseguia esconder. Fiquei sem jeito, me levantei dizendo que iria ao banheiro.

No final da festa ele me deu carona até minha casa. Abriu a porta para mim entrar no carrão dele e fui recebendo elogios e cantadas até minha casa. Comecei a ficar com tesão e minha calcinha molhou.
Parou na frente da minha casa e perguntou se eu não queria extender a festa, já que ele tava tão carente. Falei para ele: – chefinho, a gente bebeu de mais. Até segunda-feira. Dei um beijo no rosto dele. Fui abrir a porta mas ele pediu que pelo menos deixasse ele abrir a porta para mim.

Desceu, passou na frente do carro com o volume nada discreto sendo exibido para sua funcionária. Fez aquilo de propósito o safado. Abriu a prota para mim, me abraçou e beijou o rosto novamente, senti o seu cacete encostar na minha perna e subi para casa.
Tomei um banho e percebi que minha calcinha tinha ficado toda molhada. Contei tudo para meu marido na manhã seguinte. Ele ficou louco de tarado e apagou meu fogo transando comigo o domingo inteiro.

Depois de alguns dias, meu marido começou a falar sacanagens de meu chefe me pegando durante nossas relações. No começo não gostei, mas deixava a ele e a mim muito excitados e nosso sexo estava cada vez melhor.
Meu marido viajou a trabalho durante uma semana e não teve coragem de me falar, mas enviou um SMS: – Quero que você termine com a carência do teu chefe. Saia com ele e me conta como foi.
De alguma maneira era o que eu queria que ele me dissesse mesmo. E resolvi que atenderia meu marido e meu chefe, deixando os dois felizes.

No dia seguinte, que era uma quarta feira, me arrumei de modo especial para ir ao trabalho. Coloquei uma langerie bem sexy de oncinha, uma calça jeans bem apertada e uma blusinha decotada. Fui trabalhar de metrô para pedir carona para o chefe na volta.
Entrei na sala dele naquela manhã e ele como sempre me comeu com os olhos e soltou um elogio. Falei para ele num tom de ordem: – Estou sem carro e preciso da tua ajuda hoje. Vai me dar uma carona tá? Ele confirmou e disse que sairiamos as 17h. Virei para sair da sala dele e deixei meu celular cair de propósito no tapete. Me abaixei empinando ao máximo meu bumbum para ele ver. Virei para trás e tava lá o tarado me olhando com cara de bobô. Pisquei e sai da sala.

Fiquei exictada a manhã inteira e não consegui trabalhar direito. Ele me chama no Skype para ir almoçar fora as 11:30h. Confirmei e ele passou me pegar. Fomos até o carro dele, como sempre ele abriu a porta e deixou pouco esçao para eu poder entrar no carro. Sentou ao meu lado e perguntou: – Foi de propósito que você fez comigo hoje de manhã né?
Me fiz de desentendida e ele falou: – Posso escolher o lugar que vamos comer hoje? Piscou e mordeu o lábio inferior. Pisquei de volta e falei: – Chefe, hoje é você quem manda.
O safado dirigiu sem falar nada até um ótimo motel. Fiquei um pouco na dúvida se continuava, mas não tinha como voltar. Entramos no estacionamento do quarto, ele abriu a porta para mim e fui em direção a porta com o tarado olhando minha bunda.
Entramos no quarto e ele me atacou, nos beijamos e ele foi arrancando minha blusa, meu soutien, me chupou todinha fiquei louca, tirei a camisa dele sem tirar minha boca da dele.
Tirei minha calça com dificuldade e ele foi tirando a dele, ficou de cueca preta box, com um volume lindo lá dentro. Não aguentei e fui conferir, pedi para ele deitar na cama, me deitei só de calcinha em cima dele ele me apalpando e beijando toda.
Fui descendo até a cueca com a mão e agarrei um pau grosso. Desci com a cabeça até lá em baixo e liberei o pau do meu chefe. Era um pau normal de tamanho, mas era bem torto e muito grosso. Nunca vi um pau tão grosso. A cabeça era bem pequena e ficava meio que embaixo da pele.
Ele segurou no meu cabelo como que pedindo para mim chupar o pau gostoso. Passei a língua olhando para ele e abocanhei. Na boca pude perceber como era grosso, tinha que abrir muito a boca para ale poder caber.
Deixei o pau dele todo babado e ele me virou e veio retribuir, arrancando minha calcinha e me chupando todinha. Eu tava ensopada de tesão. Ele colocou a camisinha e veio me pegar. Doeu na entrada, mas ficou muito bom logo em seguida. Meu chefinho me arregaçou todinha com aquele pau. Ele deitou e fui por cima. Ele mamava nos meus seios e eu me deliciava cavalgando naquele pau gostoso. Gozei assim e ele encheu a camisinha junto comigo.
Falamos algumas safadezas e fizemos a segunda rodada. Gozei muito e ele demorou uma eternidade para gozar denovo. Falava que sempre queria me comer e que eu era muito gostosa. Eu só falava para ele meter na funcionária com gosto, que o pau dele era muito bom.
Saímos do motel as 17h, conforme horário em que combinamos ir embora. Foi uma tarde deliciosa.
Espero que tenham gostado.

1 comentário em “Meu marido deixou eu sair com meu patrão”

  1. Ola sou louco para pegar um loirinha, deve ter a buceta branquinha, ou pegar uma novinha deve ser uma delicia, ou pegar mae e filha😬 tambem pegar uma casada na frente do marido eita, mulher q esta ai cheia de tesÃo me chama no zap 11947841246

    Responder

Deixe um comentário



contos eróticos ilustradosconto erotixoconto erotico putinhaconto porncontos eroticos familiacontos eroticos incestuososconto rroticocontos eroticos recentesconto erotico traiçaocontos ercontos eroticos de corno mansoconyos eroticosconto erotico gratiscontos ercontos eróticos travestiscontos eroticos incestoscontoeróticocontos eroticos de gayscontos e relatos eróticosrelatos eróticocontos eroticos amigocontos de insestoscontos eróticos sobrinhaconto de travesticonto erotico de incestocontos eroticos coroascontos incesto mae e filhocontos eroticos 2018contos eroticos gozando dentrocomendo minha sogracontos eroticos no tremcorno manso contocontos gay casa dos contosincesto eroticocobtos eroticoscomi minha tia contoscontos de gayscontos eroticoconto erotico esposacontos gay sexocontoeroticoconto erotico ubercontos eroticos de cornoconto eroticocontos eroticos gay 2018contos eroticos mae e filhocasos eroticosconto comi minha tiacontos eroticos por categoriacontos porno incestocontos eróticos picantescontos eroticos ônibuscontos eróticos.relatos de cornoscontos eroticoscontos eroricoscontos eroticos com gravidascontoseróticoconti eroticoconto erótico de incestocorno manso contoconto erótico no ônibuscontos eroticos de novinhaencoxando a maecontos eroticos encoxadascomendo a madrastacontos eroticos no onibuscontos eroticosacontos eroticos com pai e filhacontos eróticosgaycobtos eróticoscintos eroticoscontos sexuaiscontos eroticos novinhasconto erotico engravideiconto eróticocontos erroticosrelatos eroticoscontos eróticos mãe e filhoconto erotico traiçaocontos eroticos comendo a sograconto comi minha tiarelatos eroticoscomto eroticocontos eroticos primoconto erotico esposacontos eroticos incestuososconto erotico gay ultimoscontos eroticos com padrastocontos eroticos de coroassexo gay contosnovos contos eroticos de incestocontos eroticcontos eroticos incesto pai e filha